FAQ

 

  1. Uma definição e uma descrição desta atividade:
  2. Porque é usada a definição: matemático – estatístico?
  3. Uma análise de aptidão profissional que parcialmente levanta traços de personalidade, denominado mais exatamente como inventário de personalidade, pode ser feito pelo interessado, via WEB, sem Psicólogo envolvido, tanto na aplicação como na avaliação?
  4. Análises ou testes podem ser usadas como instrumentos únicos na pré-escolha de candidatos?
  5. Os chamados Inventários de Personalidade usam questionários e definem, a partir desta coleta de dados, os chamados traços de características formadoras.O MAP também apresenta esta definição?
  6. Análises deste tipo exigem um determinado nível escolar/cultural, garantindo a compreensão perfeita das perguntas e a obtenção de respostas que refletem o real posicionamento do indivíduo em teste, qual é o mínimo exigido?
  7. Diante de um questionário de respostas múltiplas, algumas pessoas são tentadas a responder “favoravelmente”, isto é, responder buscando o ideal e não o real. Como é possível evitar tal situação?
  8. Na área de “testes” existem aqueles de aplicação individual (por exemplo PMK) e os testes de aplicação coletiva. O MAP pertence a qual grupo?
  9. Qual a validação estatística do MAP?
  10. Por que sugerimos a presença de um profissional de recursos humanos na aplicação e na avaliação do resultado?

RESPOSTAS:

1. Uma definição e uma descrição desta atividade:
R: Este trabalho pode ser definido como levantamento estatístico, usando um questionário de 92 perguntas referentes a valores, opiniões, posicionamentos, pontos de vista e estilos de vida com 6 alternativas possíveis para resposta. O cruzamento destas respostas, usando-se um software especial no processamento de dados (do tipo matemático – estatístico), resulta em um inventário da personalidade, destinando-se a princípio aos profissionais de Recursos Humanos e aos Psicólogos para que possam avaliar os resultados que constituem a estrutura das características do indivíduo.

2. Porque é usada a definição: matemático – estatístico?
R: Pelo fato que o resultado é balizado pela comparação com Perfis Populacionais de cada “conjunto” conforme as características detectadas; em seguida para a definição da aptidão profissional, o resultado é comparado com Perfis Profissionais que definem as exigências da atividade. Esta metodologia torna os resultados “isentos de subjetividade”, como se vê uma ferramenta que permite avaliações, comparações e conclusões impossíveis de se conseguir até hoje.

3. Uma análise de aptidão profissional que parcialmente levanta traços de personalidade, denominado mais exatamente como inventário de personalidade, pode ser feito pelo interessado, via WEB, sem Psicólogo envolvido, tanto na aplicação como na avaliação?
R: Esta é uma situação que está sendo tratado com toda seriedade, considerando-se que:
3.1. Sugerimos o envolvimento de um profissional na aplicação e avaliação para um suporte nas dúvidas eventuais,
3.2. A Coordenadora desta análise  mantém um e-mail (rosangela@mapsrh.com.br) a disposição dos interessados para que possam formular dúvidas ou solicitar explicações específicas.
Observação: Colocamos à disposição Psicólogos, conhecedores desta metodologia, para uma consulta tradicional. Consulte antecipadamente preços e horários disponíveis para seu maior conforto.

4. Análises ou testes podem ser usadas como instrumentos únicos na pré-escolha de candidatos?
R: Não, recomenda-se os mecanismos tradicionais, como:
4.1 Análise dos Currículos: controle da origem, idade, formação escolar /profissional/cultural, experiência, faixa salarial, etc.;
4.2 Entrevista pessoal: observação e conhecimento da forma de apresentação, inibição, diálogo, reações, empatia, etc. e
4.3 Testes de conhecimentos gerais e/ou a análise MAP.

5. Os chamados Inventários de Personalidade usam questionários e definem, a partir desta coleta de dados, os chamados traços de características formadoras. O MAP também apresenta esta definição?
R: Sim, o MAP segue esta parametrização: define e quantifica tais características e demonstra a correlação entre o perfil ideal da profissão/cargo versus o perfil encontrado no respondente, informando sua qualificação e/ou adaptação para executar uma tarefa ou um cargo.

6. Análises deste tipo exigem um determinado nível escolar/cultural, garantindo a compreensão perfeita das perguntas e a obtenção de respostas que refletem o real posicionamento do indivíduo em teste, qual é o mínimo exigido?
R: Este tipo de análise destina-se e limita-se a pessoas mentalmente sãs e com uma formação escolar mínima de 8 anos escolares. Para cargos de certa responsabilidade, pelo menos ensino médio e para os de chefia, formação superior.

7. Diante de um questionário de respostas múltiplas, algumas pessoas são tentadas a responder “favoravelmente”, isto é, responder buscando o ideal e não o real. Como é possível evitar tal situação?
R: Um dos desafios mais sérios neste tipo de análise é a elaboração de um questionário que permite obter um elevado número de respostas cruzadas e absolutamente seguras, permitindo o fornecimento de resultados confiáveis.

8. Na área de “testes” existem aqueles de aplicação individual (por exemplo PMK) e os testes de aplicação coletiva. O MAP pertence a qual grupo?
R: 
O MAP pertence ao grupo dos testes aplicáveis de forma coletiva.

9. Qual a validação estatística do MAP?
R: Este tipo de análise baseia-se em estudos de Perfis Populacionais, realizados com brasileiros, envolvendo oito características formadoras de personalidade, obtidos pela aplicação em número significativo numa população típica (acima de mil e quinhentas pessoas) e a comparação estatística / matemática dos resultados obtidos com estas balizas. Através de pesquisa definiram-se as diversas exigências de profissões ou cargos e mediante comparações do desvio padrão obteve-se um quadro de qualificação confiável. Há um constante acompanhamento em relação a estas aptidões.

10. Por que sugerimos a presença de um profissional de recursos humanos na aplicação e na avaliação do resultado?
R:
Estes tipos de análises incluem certos aspectos ou definições referentes a características consideradas psicológicas portanto, aconselha-se supervisão por profissionais específicos.

WhatsApp Fale Conosco pelo WhatsApp